Quarta-Feira, 22 de Setembro de 2021

UTI Unimed Cuiabá: atendimento multidisciplinar apresenta resultados positivos

PHOTO-2021-07-29-15-23-27

Desde sua implantação, em agosto de 2020, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Unimed Cuiabá, tem aprimorado seu atendimento buscando a excelência em humanização. Além da estrutura, a unidade prima pelo atendimento ofertado a seus pacientes, por isso, desde o mês de junho passou a desenvolver a visita multidisciplinar beira leito.

Esta modalidade visa trazer mais segurança ao paciente e seus familiares, além de promover maior envolvimento da equipe no plano terapêutico, o que impacta direta e positivamente na evolução clínica.  “A visita multidisciplinar oportuniza o encontro dos médicos com os demais profissionais envolvidos no cuidado com o paciente. Assim é possível promover o debate, saber mais detalhes do caso e proceder melhor análise de conduta. É um dos momentos mais ricos e importantes da conduta da UTI”, explica o médico cooperado dr. Sandro Andrey Nogueira Franco, coordenador da unidade.

Os resultados do trabalho da equipe multidisciplinar são vistos ao longo dos meses desde sua abertura. De acordo com o sistema EPIMED SOLUTIONS, a taxa de mortalidade esperada em junho/21 seria de 11,16% (SAPS3), a unidade obteve 2,78%. Outro importante dado é o tempo médio de internação em uma unidade de terapia intensiva que, em média, varia entre 7 e 14 dias, e na UTI Unimed Cuiabá é de 5,68.

A visita beira leito é realizada com a participação dos profissionais que realizam atendimento ao paciente como: enfermeiro, técnico de enfermagem, farmacêutico, nutricionista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, além dos membros da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, psicólogo, médico visitador e médico plantonista. Estes profissionais trocam informações sobre o quadro clínico do paciente, acertam condutas de forma conjunta, dividindo as responsabilidades e minimizando a ocorrência de incidente.

Para o médico intensivista Dr. Marcio Vinicius, que atua como médico-rotina na unidade, a intervenção da equipe multidisciplinar apresenta bons resultados e reafirma a necessidade do especialista na intervenção. “O trabalho na UTI acontece diuturnamente, tendo como pilar o médico-rotina, especialista em medicina intensiva. Esse profissional vai conhecer todos os pacientes, acompanhar a evolução de cada um. Em nossa unidade possuímos a logística e a equipe de acordo com as normas brasileiras, tendo como diferencial o especialista, médico-rotina, que vai mensurar as necessidades e potencializar os resultados. É como um maestro, numa orquestra.”

O diretor-presidente da Unimed Cuiabá, dr. Rubens Carlos de Oliveira Jr., sintetiza que o grande sucesso na condução dos casos da UTI Unimed Cuiabá está na atuação do médico rotina e da equipe multidisciplinar. “A visita multidisciplinar com os médicos intensivistas, as duas equipes de enfermagem de forma alternada e profissionais de saúde promovem maior envolvimento e debate, caso a caso. Isso propicia um cuidado completo, humanizado e harmonioso”, conclui.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

Roseli

Roseli

Comentários

Com muito ❤ por go7.site