Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020

Três coisas são fundamentais na educação dos filhos, diz especialista

Promover a curiosidade, estimular o networking e ensinar a criança a saber perder são os três eixos essências que devem estar presentes na educação diária dos filhos, segundo o escritor e psicólogo Guilherme Davoli. O especialista esteve em Cuiabá nesta semana debatendo os “Desafios da Família: autonomia, competência e solidariedade”, no projeto Escola de Pais, do Colégio Salesiano São Gonçalo.

De acordo com ele, as crianças precisam ser curiosas e não se contentar com o óbvio. “Se seu filho entra no Google, ele não é curioso, ele é acomodado. É preciso viajar nas informações, nas pesquisas para chegar a uma conclusão. Ao defender o networking ainda na infância, diz que é necessário ensiná-los a conversar com pessoas e com outros grupos que pensam diferente. “Preparar o filho para o mundo atual não é a mesma coisa de antigamente. É prepará-lo para o mundo que está em constante mutação. Por isso é preciso comunicar com gente diferente, para que ele conheça e possa formar sua opinião e não se fechar no seu mundo”, defende.

Outro ponto comentado foi sobre perdas. “As crianças estão crescendo frustradas, sem ouvir o não, sem saber perder. Por isso precisamos ensiná-las a perder. Não podemos ser como Deus e querer que as coisas saiam apenas conforme nossos planejamentos”, explica.

A conselheira tutelar Graciele de Morais, mãe da aluna Helena Regina, do sétimo ano, acredita que o evento contribuirá na educação da filha. “Encontro maravilhoso que contribuirá no meu dia a dia profissional e no meu relacionamento com minha filha. Cada momento é um fato novo e precisamos estar preparados. No dia a dia, vou entrar mais no mundo da minha família. Muitas coisas mudaram, precisamos seguir o ritmo deles agora”, diz Graciele.

O representante comercial Renato Vargas, pai de duas crianças, de oito e 12 anos participa de todos os encontros oferecidos pela escola e avalia ser de extrema importância. “A aproximação cada vez mais com nossos filhos é fundamental. Às vezes achamos que sabemos o que eles estão pensando, mas estamos enganados. Por isso quero cada vez mais conversar com eles, entrar no mundo deles. Quando mais perto estivermos, melhor”, pontua.

Autor de diversos livros, Guilherme atua como psicoterapeuta e é ainda articulista de diversas revistas e jornais. O encontro reuniu pais e responsáveis de alunos da instituição. Essa foi a segunda edição do evento este ano e é organizado pela Associação de Pais e Mestre em parceria com a escola.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

admin

admin

Comentários

Feito por
⚙️