Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020

Canal no YouTube do TCE-MT é o mais acessado entre os 33 tribunais de contas do País

OIP

O canal no YouTube do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) é o mais acessado entre os 33 tribunais de contas do País, segundo pesquisa realizada pelo Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), em maio desse ano. Com 3,51 mil inscritos, os vídeos disponibilizados no canal da Corte de Contas mato-grossense tiveram 697.793 visualizações desde sua criação, em 2014.

O levantamento, realizado com base nos dados do YouTube Analytics, apontou ainda que o número de acessos no canal do TCE-MT é quase 200% maior do que o do segundo colocado no ranking, o Tribunal de Contas de São Paulo (TCE-SP). Criado em 2013 e com 4,21 mil inscritos, o YouTube da Corte de Contas paulista teve 234.015 visualizações até maio.

Em terceiro lugar, aparece o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR). O canal, criado em 2011, tem 1,61 mil inscritos e registrava 232.616 visualizações até a data de realização da pesquisa.

De acordo com o presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, os números demonstram a transparência e o acesso da população às ações realizadas pelo órgão de controle externo.

“Todas as nossas sessões plenárias são transmitidas no site do Tribunal de Contas e pelo nosso canal no Youtube. Também divulgamos, diariamente, as reportagens produzidas sobre os processos julgados nas sessões e as ações institucionais. Nesse período de pandemia do novo coronavírus, ainda temos promovido lives para orientar e esclarecer dúvidas dos gestores públicos e cidadãos”, comentou o presidente.

No estudo para a elaboração do ranking dos canais no YouTube dos 33 tribunais de contas do país foram analisados os níveis individuais de alcance, envolvimento, número de inscritos e data da abertura do canal.

Conforme a assessoria de comunicação do TCE-PB, responsável pela pesquisa, o objetivo foi melhora a estratégia de divulgação no canal, que é o segundo site mais acessado no Brasil e no Mundo, perdendo apenas para o buscador da internet Google.com, conforme dados do Alexa Internet.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

roseli

roseli

Comentários

Feito por
⚙️