Sábado, 27 de Novembro de 2021

TCE-MT leva tecnologia para escolas municipais

899010

Num café da manhã promovido pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), foi lançado o Programa de Modernização da TI e um inovador projeto social de doação de computadores, configurados, voltados para laboratórios de informática de escolas públicas municipais de Mato Grosso. O anúncio foi pelo presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, e pelo secretário de Tecnologia da Informação, Mateus Dias Marçal.
Os computadores a serem doados, cerca de 400, serão preparados com sistemas livres tipo Windows, com sofware de processamento de texto, planilhas, leitores e navegadores. “As máquinas serão entregues para escolas municipais com Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) menor que 5 e estarão prontos para que os estudantes possam fazer pesquisas, textos, tabelas e outros diversos trabalhos de escola. A proposta é entregar 10 máquinas por escola”, disse Marçal.
O projeto social foi idealizado pela Presidência do TCE-MT, em parceria com a TI, e visa colaborar com o Sistema de Ensino dos Municípios. Em 2013, uma extensa auditoria operacional realizada pelo Tribunal de Contas verificou a Infraestrutura do Ensino Médio em todo o Estado e, em 2015, foi avaliada a gestão do Ensino Fundamental.

A partir dessa auditoria, foi constatada a necessidade de melhorias em relação ao planejamento das políticas voltadas para mitigar as deficiências encontradas na rede física, bem como demonstrada que mais de 50% das escolas municipais e estaduais não possuem laboratórios de informática. Sendo assim, o projeto social de doação de computadores busca contribuir para que os municípios possam suprir essas deficiências e ao mesmo tempo atender as recomendações do TCE-MT.

“A ausência de laboratórios de informática ou inadequação dos existentes quanto ao espaço físico e insumos para a utilização nas práticas pedagógicas, é responsável não só pela diminuição da atratividade da escola, mas também por causar um impacto negativo na aprendizagem”, avaliou o presidente.
Guilherme Antonio Maluf ressaltou ainda que o absenteísmo em Mato Grosso tem índices que não são motivo de orgulho. “Por isso queremos contribuir com tecnologia, para que o aluno se interesse mais pela escola e também colaborar com a qualificação dos alunos e dos professores”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

admin

admin

Comentários

Com muito ❤ por go7.site