Quarta-Feira, 18 de Maio de 2022

Fonoaudióloga Samia Ribeiro dá dicas que ajudam a preservar a saúde auditiva

WhatsApp Image 2021-11-19 at 08.18.43

A saúde auditiva é um tema atual e impacta diretamente na qualidade de vida de uma pessoa e a prevenção e cuidado devem estar em dia para evitar problemas de surdez, seja em crianças, adultos ou idosos.

A fonoaudióloga Samia Ribeiro, do Centro Otorrino, listou 5 hábitos que são indispensáveis para evitar complicações a longo prazo à saúde auditiva. “Existem diversas razões que levam uma pessoa a perder a audição ou desenvolver algum tipo de deficiência. Por isso, separamos essas dicas para ajudar o paciente a se prevenir desse problema que é prejudicial não só a saúde, mas para a vida também”, alerta.

Confira então 5 dicas da fonoaudióloga para ter sempre uma boa saúde auditiva:

1. Nunca coloque dentro do ouvido hastes flexíveis com algodão (cotonetes); canetas, chaves e materiais pontiagudos.

2. Uma das principais causas da deficiência auditiva é a Perda Auditiva Induzida por Ruídos (PAIR), por isso é importante tomar muito cuidado. Todos os dias somos expostos a diversos ruídos como trânsito, colegas conversando, pessoas gritando, e até mesmo músicas altas em fones de ouvido. Por isso é muito importante que controle o volume do que você ouve. Não deixe que passe de 80 decibéis ou sua audição pode ser danificada a longo prazo. Use, sempre que possível, tampões para ouvidos em lugares barulhentos para proteger sua audição.

3. A prática de exercícios físicos regularmente aliada a uma alimentação saudável diminui o risco de perda auditiva. A saúde e o bom funcionamento do ouvido dependem da saúde do nosso organismo como um todo.

4. Estudos realizados evidenciaram a associação de alto consumo de carboidratos a maior predisposição de desenvolvimento de perda auditiva relacionada à idade avançada. Alimente-se de forma saudável e evite o excesso de cafeína e alimentos muito doces ou muito salgados, além do álcool e do tabaco. Outra dica é tomar bastante água durante o dia, pois isso ajuda a eliminar as toxinas e melhora o funcionamento do organismo.

5. Consultas periódicas: É indispensável que todas as pessoas realizem consultas periódicas em um Otorrino. No entanto, em caso de histórico de perda auditiva na família, essa visita se torna ainda mais importante. A maioria das pessoas só procura essa especialidade quando já possui algum problema ou quando o mesmo já se agravou muito.

Sempre que perceber algum desconforto nos ouvidos — como zumbidos e diminuição da audição — procure um otorrinolaringologista para realizar uma avaliação apurada das estruturas que compõem o canal auditivo.

Além disso, pessoas acima de 60 anos devem procurar este médico com frequência de uma vez ao ano, para avaliar a saúde da audição. O profissional pode identificar, precocemente, alguma patologia, iniciar o tratamento e prevenir várias outras.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

Roseli

Roseli

Comentários

Com muito ❤ por go7.site