Quarta-Feira, 18 de Maio de 2022

Exposição em Chapada dos Guimarães reunirá artistas renomados e lideranças indígenas

PHOTO-2022-04-22-15-23-42

As brasileiras etnias, é o tema da exposição cultural, que está reunindo artes plásticas, fotografia e poesia em Chapada dos Guimarães, e vai até o dia 30 de abril, um evento organizado pelo artista e poeta, Airton Reis, com apoio de Maria Angélica Schimidt, Nívea Castro e Banavita.
A exposição temo objetivo reunir o segmento cultural, com enfoque nas culturas negra e indígena, e contará com a presença de vários convidados, entre autoridades, artistas e lideranças indígenas do Parque Nacional do Xingu.
A artesã Edilaine Domingas, é uma das convidadas, que vai apresentar a sua arte em telha. Na ocasião, ela enalteceu a importância da exposição pelo contexto histórico e cultural. “Nesta significante exposição, vou apresentar a minha arte na telha de cerâmica, que tem uma forte simbologia, pois ela cobre o teto das pessoas. Amo trabalhar esta arte, que também está ligada a minha história de vida. Como tenho uma origem indígena, nada mais justo que homenagear o índio, além de outra personagem essencial, uma baiana, que representa a cultura negra. Para mim é uma grande honra participar desta exposição”, destacou Edilaine.
Durante a exposição, 21 indígenas do Parque Nacional do Xingu, também vão mostrar o artesanato feito em madeira, cerâmica, cestaria e plumagem, peças que serão comercializadas no local.
Conforme o poeta Airton Reis, na abertura do evento, serão prestadas homenagens á algumas personalidades históricas, como: Ana Martinha da Silva, Francisca Corrêa da Costa e Victória, além da homenagem aos indígenas Galdino Pataxó, Aritana Yawalapiti e ao cacique Sepé Tiaraju.
A programação integra também o lançamento do livro ‘As Brasileiras Etnias’, que trata sobre o acervo da exposição, de autoria do poeta Airton Reis, que vai autografar a obra, a ser compartilhada com os convidados. Outra meta é a distribuição para os alunos de escolas que visitarão o local da exposição. O evento tem o apoio da Prefeitura de Chapada dos Guimarães e do Governo do Estado, através das secretarias de cultura.

Fotos: Divulgação

*Show de cerâmica foi realizado no quintal de São Gonçalo Beira Rio*

O fortalecimento e o incentivo ao trabalho dos ceramistas da comunidade de São Gonçalo Beira, foi o objetivo da professora Julia Rodrigues, ao promover uma apresentação sobre o artesanato em cerâmica no sábado, 16 de abril, transmitida por meio da rede social do grupo Flor Ribeirinha. O artesanato é um dos símbolos da cultura cuiabana.
O evento denominado aula Show de Cerâmica, foi ministrada por Júlia Rodrigues, com o objetivo de divulgar, fortalecer e incentivar a manutenção do trabalho dos ceramistas da comunidade, como também fazer o repasse da arte manual para as futuras gerações. “Mostro o passo a passo da confecção de uma peça, desde moldar e montar, até o acabamento e o polimento da peça em cerâmica” explicou a instrutora.
Julia frisou que a tradição da arte cerâmica em São Gonçalo Beira Rio, vem sendo repassada dos avós para os pais e também para os filhos. Ela já faz parte da quarta geração, aprendeu a arte, seguindo o exemplo de sua mãe Dona Maria, que também repassou o conhecimento para os demais filhos.
Desde a infância, a ceramista carrega os valores familiares e com determinação, coloca a mão na massa e maneja o barro com perfeição, expressando o carinho pelas peças produzem, sendo utilitárias ou decorativas.
A comunidade São Gonçalo Beira Rio, berço da cultura mato-grossense, tem o seu reconhecimento pelas tradições culturais, especialmente a dança e o artesanato em cerâmica. O trabalho realizado com o barro, reflete o desejo de manter viva a identidade cultural da comunidade.
A apresentação foi realizada no Quintal da Domingas, através da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá, com o apoio da Associação Cultural Flor Ribeirinha. Todo o trabalho foi organizado pela equipe integrada por Julia Rodrigues, Juliana Almeida, o produtor, Jonnhy Brandão, pela historiadora e produtora cultural, Natália Ramires e o produtor convidado Avinner Augusto.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Veja também

Roseli

Roseli

Comentários

Com muito ❤ por go7.site