Cuiabá (MT), 28 de maio de 2020

Blog

19/05/2020 20:02

Vem aí a primeira Live do Grupo Flor Ribeirinha direto de São Gonçalo Beira Rio

O grupo Flor Ribeirinha, realiza no próximo domingo, dia 24 de maio, ás 16h30, o show Raízes que dão Flor, que será transmitido ao vivo por meio de suas redes sociais: Facebook, Instagram e também no YouTube. O show vai acontecer no Quintal da Domingas, na tradicional comunidade de São Gonçalo Beira Rio.
O show faz parte do Festival de Cultura em Casa, promovido pela Secretaria de  Cultura, Esporte e Lazer do Estado. A Secretaria selecionou os projetos mais relevantes com o objetivo de promover neste período de isolamento social, a programação cultural com apresentações artísticas transmitidas pela internet.
O diretor Artístico e coreógrafo do Grupo Flor Ribeirinha, Avinner Augusto, explica que o show Raízes que dão Flor está sendo preparado especialmente para a live no domingo. A apresentação traz o recorte de vários repertórios artísticos regionais do grupo, que remetem a identidade da comunidade, que é o berço das raízes culturais. A ideia central do show é cantar e dançar a comunidade e suas personagens da cultura popular. “Estaremos esperando por você no Festival Cultura em casa com a alegria e a beleza da cultura cuiabana, diretamente do Quintal da Domingas. Arraste o sofá da sala e venha cantar e dançar muito com a gente. Quem quiser gravar sua dança em casa pode nos enviar o vídeo" disse ele, e também postar: Simbora Flor Ribeirinha! #live #florribeirinha #raizesquedaoflor #culturaemcasa
No sábado, a oficina com a Dona Domingas
O encontro especial com a Dona Domingas, também transmitido ao vivo pelo por meio das mídias sociais do Grupo Flor Ribeirinha, será no sábado dia 23 de maio, ás 10h. A Oficina também faz parte do Festival de Cultura em Casa, promovido pela Secretaria de  Cultura, Esporte e Lazer do Estado.
A Mestre de Cultura Popular, Domingas Leonor, vai ministrar uma oficina em foco na vivência cultural e experiência artística do siriri. Será uma aula inesquecível que traz a experiência de vida e a resistência dos mestres que possibilitam as novas gerações elementos culturais significativas para a constituição da identidade individual e coletiva. Ela recordará neste encontro, uma infância permeada pelos valores tradicionais, principalmente as memórias enriquecidas pelas festas, brincadeiras nos quintais, pelas relações afetivas da cultura que fortalecem os grupos sociais do ensino do   siriri.
Domingas Leonor que é a fundadora e presidente da Associação Cultural Flor Ribeirinha, disse estar muito feliz em realizar este trabalho, neste período de isolamento social. Ela destaca que o grupo continua trabalhando com muita dedicação. “Nos dedicamos de forma incansável neste processo de resgate e manutenção da nossa cultura popular. Conto com a participação de todos nesta oficina. Mesmo que sendo á distância, as pessoas estão bem próximas do meu coração”, disse ela emocionada.
Pelas mídias sociais #cultura em casa#saberes do Siriri #dradominga

Saiba de tudo, antes de todo mundo. Inscreva-se em nossa newsletter

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo